A Pavimir foi fundada em 1977, fruto da visão de três empresários da região que apercebendo-se da lacuna existente no Nordeste Transmontano decidiram criar uma empresa de fabrico de materiais de construção.


Com trinta e cinco anos de existência, em constante crescimento, é patente que a Pavimir cedo marcou uma posição de qualidade que a um tempo cativou uma clientela conhecedora do tipo de produtos fabricados e não justificou nem afoitou o aparecimento de concorrentes.


Do vasto leque de produtos fabricados destacam-se: vigotas, abobadilhas, blocos, lancis, pedra de chão, tubos e manilhas de betão normal e armado, cones, anéis e produtos de argila expandida. Porém já sucedeu fabricar-se peças de modelo único.>
De há vinte anos a esta parte consolidou uma posição de indústria familiar, mercê da aquisição da totalidade do capital social pelo sócio fundador Francisco Manuel Carlão, em que as tarefas de grande responsabilidade, quer na área da administração, quer na de fabrico estão entregues aos sócios familiares entre si, coadjuvados pelo corpo técnico composto de quadros com qualificação universitária. Na vida empresarial da empresa está sempre presente o modo de ser e estar do seu fundador Francisco Manuel Carlão, que privilegiando o contacto próximo e directo, fomentava a solidez e a confiança.
Este modelo empresarial originou a criação dum espírito de equipa coesa que cativou o restante pessoal em serviço, numa permanente conjugação de esforços e boas-vontades recíprocas.
Situada numa zona relativamente próxima da fronteira com Espanha foi desde cedo preocupação dos responsáveis equiparar os índices e qualidade da produção ao que de melhor se produz no País e no País vizinho, de modo a que não se justificasse a penetração nesta zona das suas congéneres Nacionais e Espanholas.
A posição de vanguarda dos seus processos de fabrico, a exigência de qualidade nos produtos fabricados e as relações de proximidade fomentadas perante fornecedores, clientes e colaboradores constituem trunfos da empresa para conquistar mercado em praças nacionais que normalmente, noutro tipo de produtos, penetram no interior transmontano.
Os processos industriais e os métodos comerciais conjugaram-se sempre numa temática de superioridade e credibilização, avançando para uma clientela conhecedora e responsável.
Mercê destas preocupações, do nível técnico conseguido e do conceito alcançado na praça a vários níveis, entendeu-se que a certificação da qualidade era uma exigência que visa premiar uma atitude, um esforço, uma meta e um nome que é sinónimo de solidez e confiança.
O sistema de gestão da qualidade da Pavimir cumpre os requisitos da NP EN ISO 9001, encontrando-se certificado desde 20-01-2012 e prevê a certificação do seu sistema de gestão ambiental ainda este ano.

 
Mirandela, 01 de Junho de 2012


E-mail: Este endereçod e email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.